quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Filosofias de trabalho

Fora de Portugal em muitas empresas da minha área existe a filosofia de trabalho por objectivos, ou seja, não temos horário de trabalho.
Por cá não tinha conhecimento de nenhuma empresa que funcionasse sobre esta filosofia, pelo contrário, a minha empresa anterior só ficava satisfeita se os trabalhadores trabalhassem mais do que oito horas por dia mas claro, nunca pagando as horas extras. Se alguém saísse do trabalho às dezoito horas e o chefe visse, ouvia logo umas bocas.

Claro que não é o melhor método de trabalho, os trabalhadores ficam bem mais cansados psicologicamente e o trabalho para além de sair bem mais lento, sai pior graças à falta de motivação. Mas devido à maneira retrograda de pensar de muitos chefes que pensam que mais horas de trabalho significa mais produção, estamos muito atrasados em relação a muitos outros países.

Curiosamente onde estou a trabalhar agora são muito liberais em termos de horário. O trabalhador é que decide a que horas entra e a que horas sai, desde que for fazendo à volta das 40 horas semanais e acima de tudo, cumpra os objectivos propostos até porque existem ritmos diferentes de trabalho, existem pessoas que fazem o mesmo em menos tempo e não têm lógica ficar no trabalho a olhar para o nada depois de ter tudo feito por isso pode sair mais cedo nesse dia, compensa os dias em que há mais para fazer e tenha que sair mais tarde. 

Qualquer trabalhador sente-se melhor assim, até porque há noites que por algum motivo não se conseguiu dormir bem ou porque simplesmente quisemos sair com amigos, podemos aproveitar a manhã seguinte para dormir e ir trabalhar da uma às vinte horas.

Isto não é possível em todas as áreas de trabalho, mas sem dúvida que faz com que a produção aumente.

6 comentários:

wapy disse...

Estou totalmente contigo, até porque, por cá, é isso que se faz. Mas pronto, eu não estou numa empresa e depende muito de quem estiver à frente do projecto (tenho colegas que têm de fazer X horas, ou pelo menos avisar do horário que vão fazer, não é completamente restritivo, mas é muito mais restrito que o meu).

Devia haver mais ambientes assim, a produção aumenta bastante quando podemos trabalhar durante as nossas horas de maior produção e descansar nas outras. Para quem tem tipos de produção às nove da noite, é bom q.b..

Super Sónia disse...

eu tenho demasiado tempo livre que nem sei o que fazer com ele.

K@'13 disse...

Sabes que eu acho essa filosofia de trabalho muito boa :)
Lembro-me que quando trabalhei numa instituição publica nas férias de Verão e apesar de ser nova lá (porque definitivamente era) conseguia fazer mais rapido o meu trabalho do que qualquer uma das outras que estava a trabalhar no departamento, isto porque a maioria das vezes ela estavam a conversa... Ou seja estava sempre a pedir para trabalho para mim e elas ficavam de boca aberta de eu ja ter acabado o que tinha para fazer ahahah

faa m. disse...

@wapy
Sem dúvida, tenho colegas que entram todos os dias ao meio dia, outros ficam aqui até quase a meia noite a trabalhar.

@Super Sónia
Lês blogs :P

@K@'13
Pois, tem lógica ajustar os horários individualmente :)

Chicolaiev disse...

Essa filosofia dá uma qualidade de vida incrivel ao empregado, e melhores resultados ao empregador.
Claro que por exemplo em atendimento ao publico isso não é possivel, mas há empregos em que podiam ser mais flexiveis...

faa m. disse...

Sem dúvida, acho que faz diferença em qualquer pessoa. Mas claro, não é possível em qualquer área.