segunda-feira, 23 de abril de 2012

Dia #1

Depois de mais de 24 horas quase sem parar, já estou em casa em Lobito.

Nem sei por onde começar, mas isto é bem pior do que imaginava. Principalmente Luanda, aquilo é o fim do mundo.

Ao entrar no aeroporto de Luanda, fiquei logo cerca de 1 hora e meia a pé na fila para mostrar o passaporte. Isto porque eles davam sempre prioridade aos nacionais, mas não era uma prioridade de por cada um nosso, irem dois deles, era aquele tipo de prioridade de irem todos os nacionais e só depois os de fora.

Depois a cidade, caótica! Eu já conduzi em cidades difíceis como por exemplo Paris à hora de ponta mas é impossível comparar com isto aqui. Não há carro sem marcas, não se olha antes de entrar na estrada, nem se respeita as faixas de rodagem, é cada um por si. Centenas e centenas de carros.

Vejo barracos até onde consigo ver, não há nada limpo, nada sem estar meio destruído. Pessoas por todos os cantos. E não se está seguro em lado nenhum.

A minha empresa arranjou-me bilhete para vir às 15h para Benguela, aproveitei e ainda consegui dormir duas horas de manhã. Fui às 13 horas para o tal aeroporto, se é que se pode chamar disso. Tinha peso a mais para a viagem que ia, 7kg. Tive de ir interromper o almoço de uma pessoa para pagar 27 dólares.

Não havia nada a dizer os próximos aviões nem horários. Sentei-me e esperei até que uma mulher berrou a chamar as pessoas, eram nem 14 horas. A viagem arrancou uma hora antes do que pensava e eles pediram desculpa pelo atraso, o avião devia ter partido ao meio dia e meio. Fiquei sem perceber nada mas sabia que as minhas malas estavam neste avião porque ao entrar, elas ainda estavam cá fora no chão.

A viagem de Benguela a Lobito não foi muito longa, mas por todo o caminho via barracos nos montes do estilo iraquiano e marroquino.

Em Lobito é tudo mais calmo do que em Luanda, ao menos isso. Só esta aqui outra pessoa, já me contou como muitas coisas funcionam. Amanhã vou ver tudo com os meus olhos para perceber melhor. Entretanto enquanto escrevia isto, a luz foi abaixo, acho que é o pão nosso de cada dia.

O principal mal, é que vou ficar dois meses completamente sozinho aqui.

O que mais gosto é sem dúvida o calor, ao menos isso. Ah, e o carro da "Apple" que vi em Luanda.

24 comentários:

Su disse...

Apesar de nunca ter ido a Angola, é exactamente esta a imagem que tenho...e tudo devido a uma reportagem que vi uma vez na TV. Espero sinceramente que te consigas adaptar bem e que passes da melhor forma estes meses, por aí! Beijinhos!

Voluptia disse...

A minha tia chegou ontem de Luanda e vi umas fotos de lá... Nem achei que estivesse assim tão mau quanto isso...principalmente comparando com todas as história de guerra e destruição nos anos 70... De qualquer das formas, aproveita. Pelo que eu ouvi ao longo destes 21 anos, Angola era/está-se a tornar novamente um paraíso. E o Lobito - onde também tinha família - era um dos sítios mais bonitos.
A nível de burocracia...sim, é um caos, é horrível e é de fazer uma pessoa perder a paciência! Boa sorte :)

Toni dos bifes disse...

Traduzido por miúdos, parece que estás numa embrulhada!

a Gaja disse...

Bem que aventura!!! :) espero que corra tudo bem e que no fundo aches que vale bem a pena.
Boa sorte e vai contando mais peripécias
beijinhos**

V* disse...

Grande aventura para 1º dia :) boa sorte!

faa disse...

Eu geralmente consigo adaptar-me facilmente a ambientes novos, acredito que vou dar-me bem aqui apesar de, a partida, não gostar.
Obrigado :)

faa disse...

E a policia.. aqui é de fugir, é o pior inimigo :/

faa disse...

Não ia tão longe, mas já sabia que não ia ser fácil antes de ter aceite. Mas é a maneira de aprender muito, com o que é difícil.

faa disse...

Obrigado :)

faa disse...

Obrigado :)

.Carmen disse...

Wow, medo! A minha produtividade e bom humor entram em saldo negativo aquando de temperaturas abaixo dos 20ºC, tens isso de bom, calor não te falta!! Quanto ao resto concerteza que te vais adaptar, é uma questão de tempo. Não sei se isso é temporário ou não, mas vai ser certamente uma experiência para a vida. Às vezes as mudanças tão temidas fazem falta. Há mudanças drásticas que geram bons frutos! Espero sinceramente que tudo te corra pelo melhor :) Suertes!

K@'12 disse...

Bem, aí é basicamente "salve-se quem poder"
Boa sorte por aí nas Áfricas X)

Cat disse...

Eu acho que depois dessa aventura toda pedia para voltar para a Portugal porque já estaria farta. LOL
Boa sorte por terras de kizomba tótó :)

Voluptia disse...

Ah pois! Só precisas de não te meter em problemas! :p

faa disse...

Sim, aqui está mesmo bom tempo.
São só 3 meses, vão passar rapidamente.
Obrigado :)

faa disse...

Obrigado :)

B. disse...

Espero que corra tudo bem! beijo grande

faa disse...

ahah, era bonito isso era.
Esqueci-me de dizer no post que a viagem de Benguela para Lobito de avião foi toda com o som de kizomba!

faa disse...

Eles arranjam os problemas por nós!

faa disse...

Obrigado :)

aNa disse...

mas que aventura! :) Já começamos bem então.. apesar de tudo, estás no destino e agora com o tempo vais-te adaptando ao estilo de vida, irás conhecer pessoas e nunca estarás sozinho. Espero que estes 3 meses para ti sejam bons, e irás encontrar coisas positivas nisto tudo! Vou estar atenta aqui as aventuras do Faa na Angola! Abraço

faa disse...

Vais ter muito que ler xD

QueenC. disse...

Vais sofrer na pele aquilo que eu tenho estado a sofrer em Londres!
Estamos quites mas, sabes que podes mandar email quando quiseres :)

blackbird disse...

Em altas Mr Fábio!
Nunca fui a África, facto, mas diz que... após e por entre o completo caos, e extrema desigualdade, ela garante a verdadeira maravilha. E eu enfim... acredito. :)

Aproveita e boa sorte!*
;)