segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Nada de fritos pah

Pessoas com excesso de peso, normalmente conhecidos por gordos, é definitivo, eu não vos entendo.

É algo que me intriga bastante, muito sinceramente, como é que alguém se desleixa ao ponto de ficar com 20/30/e por aí fora de quilogramas a mais do peso aconselhável.
Eu já acho 10 quilogramas a mais mau, mas mais do que isso é um exagero, não consigo perceber mesmo.

Existem pessoas que gostam mesmo de comer tudo e mais alguma coisa e preferem comer ao manter um corpo em condições e mais bonito visualmente? Existem pessoas que gostam de ser gordas ao ponto de achar isso igualmente bonito ou quererem mesmo ser assim? Ou será que é porque existem pessoas completamente desleixadas e não se dão ao trabalho de melhorar algo que, à partida, é a coisa mais importante que têm?

Não consigo mesmo perceber mas a sério que tento.

Não é que eu tenha um corpo perfeito pois não tenho mas não me consigo ver com peso a mais, só por uma vez é que me senti um pouco mais gordo do que devia e não descansei até voltar ao peso normal, e eram praí só 5 quilogramas a mais. 

Por isso é que me questiono.. tento perceber o porquê de algumas pessoas se acomodarem a um certo peso ou maneira de viver e não fazem nadinha de nada para melhorar. Vejo alguns homens com barrigas de gravidas e zero, não querem saber, vejo mulheres com braços mais grossos que as minhas pernas e nada, é a enfardar hamburgers.

Eu percebo que existem pessoas que têm mais facilidade em engordar mas cada um tem que saber viver com o seu organismo e ajustar-se a ele mesmo. 
Já vi várias pessoas que se perdessem uns valentes quilogramas seriam muito bonitas, dá para perceber pelos traços. Mas também admiro a força de vontade que já vi em algumas pessoas em perder peso, dá gosto ver alguém a querer ser saudável. 

22 comentários:

Eve disse...

da-me vontade de te responder mal agora....

faa m. disse...

e podes fazê-lo, não fico chateado. :)
este post também não foi dos meus mais simpáticos mas é algo que gostaria de perceber.

Eve disse...

eu explico-te.. como começas a abusar na comida, dificilmnt te consegues voltar a controlar, torna-se um vicio comer porcarias... eu ja comecei dietas 2 vezes, ao fim d umas semanas ando a subir paredes por comida de "merda" e caio em tentação e acabo por comer mais ainda m matar saudades, enfim.. ciclo vicioso, nao é facil, é preciso muuuita força de vontade. coisas k os magricelas NUNCA hao-de compreender

faa m. disse...

então não, quando eu comecei a ficar mais gordo também cortei em muitas coisas, uma barra de chocolate para mim dá para uma semana se for preciso, um saco de gomas também.
entre muitas outras coisas más, controlo-me mesmo gostando. uma cena de gelado dura-me para bastante tempo.
claro que é preciso força de vontade, mas epá, isso é que não compreendo, eu só preciso de olhar para mim e não gostar que já tenho toda a força de vontade que preciso :s

eu faço-me muito mais feliz do que qualquer comida.

Inês F. disse...

Here's my two cents:

Eu acho que a realidade é que há pessoas que estão demasiado habituadas a uma rotina de si só tão cansativa (mulheres, especialmente) que se recusam a fazer tempo para algum exercício. Outros têm simplesmente preguiça. A moda dos ginásios e etc é muito recente.

Sim, eu também acho exagerado uma pessoa deixar-se chegar a 20 ou 30 kg a mais. No entanto, existem (e é um facto!) pessoas que simplesmente não conseguem emagrecer. Até têm uma boa dieta, mas ou não fazem exercício ou têm stress a mais. Enfim, um sem-número de coisas, mesmo. Aliás, que vais chegar a uma fase da tua vida, em que vais ganhar peso e não o vais conseguir perder, porque o teu metabolismo já não te vai permitir.


Mais te acrescento, que existe uma doença que obriga uma pessoa a fazer uma dieta à base de açucares, sob pena de morrer. Okay, é uma doença muito rara, mas existe!


A questão aqui, não acho que seja pelo peso. Se se sentirem bem, quem sou eu para questionar ou gostar mais ou menos da pessoa por isso? O que me preocupa é tudo aquilo que vem inerente a um peso acima do recomendável. (Doenças inflamatórias de articulações e musculos e dores, para além dos que têm má alimentação que podem vir a ter diabetes, colestrol, entre outras)


Agora, sinceramente, não gosto da atitude de crítica que tiveste, generalizando essa condição. Sabes lá se a pessoa não andou a tomar injeções de cortisona durante imenso tempo para um problema de saúde grave? (A minha mãe já tomou e engordou imenso)

Acho bem a consciencialização do problema e fazer ver às pessoas que não tentam uma vida saudável, os malefícios que as suas opções trazem. Criticá-los por parecem menos bonitos?... tss tss


(E o meu IMC sempre esteve entre os 19 e os 21, por isso, isto não é um comentário parcial de alguém que eventualmente se revisse no teu post. Simplesmente, achei que tivesses alguns argumentos inválidos.)

Eve disse...

leva la a "biciclete" cd um com a sua

faa m. disse...

@Inês F.
primeiro de tudo, eu não estou a criticar, ou pelo menos não é esse o meu objectivo nem é era essa a mensagem que queria transmitir.
eu não estou a falar de casos específicos em que por causa de doenças não conseguem emagrecer, são coisas que não desejo a ninguém e tenho pena que existem.
eu estou a falar de desleixos ou mesmo gosto de comer.
estou a falar de pessoas que quando vêm que estão com peso a mais não se tentam controlar e mantêm-se no mesmo ritmo e só quando chegam a um peso muito grande é que começam a arrepender-se de tudo o que não fizeram antes.

já conheci pessoas que gostavam de ser gordas, não sei se gostavam mesmo ou se diziam aquilo para parecer bem, não sei. mas acredito que existem pessoas que gostam mesmo. se se sentem bem assim, não há nada contra.

mas existem muitas pessoas que não se sentem bem como são e não fazem nada, rigorosamente nada para mudar. essas pessoas não compreendo..

Anónimo disse...

Normalmente este problema, excesso de peso, deriva de muitos outros problemas... Ou porque não são suficientemente bonitas, suficientemente altas, suficientemente inteligentes ou porque de alguma maneira não se enquadram no dito padrão normal. É parvo que assim seja mas comer acaba por funcionar como um escape, uma saída, esquecer os problemas...
Para sair disto é preciso ter muita força de vontade! Algum acompanhamento em certos casos mas ter força de vontade é meio caminho andado. Claro que depois, é necessário alterar hábitos que por vezes nos acompanham há muito tempo e é aqui que se torna dificil, porque vamos cair muitas vezes até nos convencermos que conseguimos. Incluir exercicio ajuda e muito também, algo que a pessoa goste e tenha prazer, sei que é difícil encontrar algo, mas tentar ao máximo e nunca desistir.
Espero ter conseguido clarificar um pouco o que não percebias. ;)

Rekinh@ disse...

Isto tudo se deve à falta de orgulho e motivação por parte da pessoa, é sempre mais fácil satisfazer as nossas vontades do que retrai-las, eu falo por mim não sou gorda sou uma pessoa normal mas educar um novo eu não é fácil e resistir ás coisas que mais gostamos e que nos sabem tão bem não é mesmo nada fácil e causa uma sensação estranha cá dentro, no meu caso o pão e o chocolate é muito difícil de abdicar mas o que tem de ser tem muita força....;)

Passem no meu e já agora adicionem!
http://vagueios-devaneios.blogspot.pt/

Inês F. disse...

Pronto, sim, nesse sentido então (e apenas nesse) concordo contigo.

Para mim, eu tenho um limite máximo de peso. Se ultrapassar isso, faço logo os cortes todos para baixar. Mas é como a Eve diz, nem sempre é fácil e eu também sei disso.


Mas para quem quer emagrecer e ainda ter os seus "doces" há montes de truques para isso :) Por exemplo, podem comer chocolate...mas só se for preto. E eu na minha ultima "dieta", não me privei de gelados, nem doces, nem comida gordurenta. Simplesmente só o fazia uma ou duas vezes por semana. (Num mês foram 2kg... Mas também fazia exercicio no minimo 4x/semana)


Quem quiser MESMO, como tu dizes, tem que usar-se a si mesmo como motivação. Pensar no que não gosta e no que quer. Nada melhor mesmo

Anónimo disse...

Mais acrescento, gostei da forma como abordas-te o tema! Há sempre a tendência para dizer "oh não estás nada gordo", "emagrecer? Estás tão bem assim", passar panos quentes e menosprezar... Até porque para muitos é muito mais saudável uma cara rosadinha e redondinha, pessoas de idade adoram. :D
Mas também há o depois, em que sabes que fizeste o que tinhas a fazer, perdeste peso, estás ok, mas vai haver sempre alguém que agora vai dizer que "estás muito magro", "daqui a nada desapareces"... É uma vida difícil! :S
Portanto, quanto à forma como o assunto foi abordado, não me afecta nada, estes assuntos têm que ser discutidos de uma forma crua, mesmo que possa doer, só assim se percebe a verdadeira realidade.

faa m. disse...

primeiro de tudo é bom ver que o meu post não foi mal interpretado, não queria ser mau com ninguém.

@Anónimo 1
tem a sua lógica, admito que já me aconteceu enfardar uma cena inteira de chocolate por estar triste, tal como nos filmes, à colherada ahah
mas acho que isso acaba por agravar ainda a situação, se já não se está bem por causa de algo, como por exemplo, não ser-se bonito, fica-se com dois problemas, não ser-se bonito e ser-se gordo. só piora :s
as vezes é necessário alguém para puxar por nós, ou um amigo com quem fazer exercício ou alguém que se goste para ficar mais bonito por. é sem dúvida complicado :s

@Rekinh@
claro, o caminho mais fácil é normalmente o escolhido.. eu abdiquei de muitas coisas assim que o peso começou a afectar-me. dou o exemplo, desde muito novo que comia um bolicao por dia, eu sei, é infantil ahah, mas era um hábito, assim que o peso começou a dar sinais de vida, adeus bolicaos.. as vezes olho para eles com saudades :( ahah

@Inês F.
o mal não é comer, o mal é comer em exagero! não tem mal comer gomas, chocolates nem nada disso, só é preciso controlar-se. a minha sorte é que são poucas as vezes que não consigo controlar-me.
nada melhor que nós mesmo para motivação.

@Anónimo 2
ahah, as pessoas mais velhas gostam mesmo disso.. a mim passam a vida a dizer que estou magro, estou nada magro estou bem! só precisava de mais músculo e isso não se ganha comendo mais.
yah, não vale a pena andar a usar palavras mansas mesmo, mas nunca faltando ao respeito.

Ana D. disse...

Penso como tu. Tenho uma colega que só bebe coca-cola às refeições e não evita nem um pouco de fritos. Já eu assim que me vi a engordar por comer determinadas coisas cortei logo e foi um grande sacrificio deixar de comer pizzas e passar a comer saladas em frente as minhas colegas que comiam coisas bem apetitosas, mas eu queria perder aquele peso e perdi.
Não abuso em nada, um barra de chocolate também dura muito comigo, prefiro comer um pouco de cada vez e sentir que tenho tudo controlado.
Mas é verdade que também há doenças que engordam e eu já tive 10kg a mais por isso, mas nesses casos não há nada a fazer, é apenas importante continuar a ter cuidado com a alimentação

Anónimo disse...

Eu disse panos quentes, mas acho que se diz panos frios ahahah

Nancy Wilde disse...

São prioridades... Comer é um grande prazer. Eu por acaso sou magra, então nem me passa pela cabeça fazer dieta. Num dia, rebento com várias tabletes de chocolate, kebabs, nutella, crepes, pasta, fajitas e eu sei lá que mais... pergunto-me se, tivesse eu tendência para engordar, conseguiria parar de comer tanto... é que sabe tão bem!

faa m. disse...

@Ana D
lá está, eu só bebo coca cola no mcdonalds ou para comer pizza (se é para ter calorias que sejam logo muitas! xD)
vejo muitas pessoas a dizer que não conseguem emagrecer mas também não as vejo a fazer nada para isso.

@Anónimo 2
também não sei qual é o correcto mas eu entendi-te :P

@Nancy Wilde
se calhar rebentas com isso tudo mas não é tudo na mesma altura, não fazes isso um hábito diário. :)

Nancy Wilde disse...

Looool ninguém acredita quando digo que enfardo que nem um boi... é um hábito diário sim. Tudo o que cozinho diariamente é um sem-fim de calorias que só visto. Por vezes até fico enjoada e tenho de me jogar ao Rennie! Que abuso!

faa m. disse...

então quero ver fotos das tuas refeições!!

Nancy Wilde disse...

http://nancywilde.blogspot.pt/search/label/Yummy aqui tens a prova. se bem que alguns até são saudáveis...

faa m. disse...

tens aí umas cenas bem boas!! :o quero

Anónimo disse...

Boas Faa m.zord,

1º Porquê quilogramas?! Isso é demasiado primária xD.

2º O que entendes por pessoas gordas?! São pessoas com barriga? Pessoas com excesso de peso? Pessoas com peso a mais do que o "recomendado"?!

3º Peso a mais não é de longe sinónimo de má saúde, nem pessoas magras são sinónimo de boa saúde.

Compreendo o que queres dizer, mas as coisas não são assim tão simples, ou gordo ou magro, existem muitos fatores adjacentes, mas todos temos algo em comum, motivação. Uns encontram na comida motivação para continuar a sua vida, ou esquecer problemas, outras pegam nessa motivação e fazem algo melhor para si. Mas o que é melhor para mim, é igualmente bom para ti?!

Abração

faa m. disse...

porque tem piada ahah, quilogramas xD
pessoa com peso a mais em relação ao recomendado :)
peso a mais nunca é bom para a saúde em que circunstância for, mais cedo ou mais tarde causa problemas.

claro que não é simples, daí eu querer perceber :P
para mim é estranho ser a comida que move e faz alguém continuar a sua vida, mas sim, acredito que existam pessoas assim.

abraço! :D