quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Mestrado

Não ando nada entusiasmado com o meu mestrado, muito pelo contrario. Até agora não me tem servido de grande coisa.
Mas acho que o principal problema é porque também trabalho, o que faz que basicamente eu não tenha vida.
Espero que para o próximo semestre as coisas mudem um pouco.

13 comentários:

MartaP. disse...

vais ver que sim ;) ânimo, ânimo!

B. disse...

"Quem corre por gosto, não cansa" :)

Fábio Martins disse...

Pois, o problema é mesmo esse, não me tá a dar gosto. Mas não tenciono desistir!:)

wapy disse...

Acho que o horário e o facto de termos os dias ocupados não ajuda nada a sentirmos gosto na matéria quando chega à noite. Eu própria já tenho as minhas disciplinas odiadas e arrependimentos (USAIN, à sexta; opção terrível da minha parte).

Mas enfim, também tenho a noção de que há coisas e temas que de outra forma não aprenderia porque não os damos na Licenciatura. Acho que, se tenho mesmo interesse nessas coisas, consigo aguentar o resto :3

Fábio Martins disse...

Sim, essa aula a sexta é para matar! Ainda bem que não a tenho..

Mas até agora, ainda não aprendi grande coisa, pelo menos que me pareça útil agora que estou no mundo de trabalho. Eu tinha a ideia que este mestrado iria ser mais de analise e de gestão, para já não vi nada disso..

Gasper disse...

Deve ser violento.

Fábio Martins disse...

Acredita!

Cat disse...

Aconteceu-me o mesmo no primeiro ano de mestrado. Desisti . Um dia volto.

Fábio Martins disse...

Pois, pelo o que sei acontece a muitas pessoas.. até sentir na pele achava um pouco mau e que nunca iria fazer isso, agora que sei o que é, já entendo.
Passar 4 dias da semana só tendo meia horinha livre é muito cansativo.

wapy disse...

Ao menos ainda tens meia hora livre :(

Bom, eu penso que ainda é um bocado cedo para saber: como já estive mais longe de desistir do monstro da sexta à noite, tenho perguntado a quem já passou pelo mesmo o que achavam da cadeira. E toda a gente diz o mesmo: "quando começares a fazer o trabalho, vais perceber". Ainda só vamos a um mês. Eu escolhi este mestrado em particular por causa de algumas cadeiras e tenho de levar com o resto do pacote atrás. Há que fazer um esforço. Pode ser que ainda perceba que há algo de útil no resto do pacote.

Mas enfim, eu tenho objectivos diferentes dos teus ;D Pode ser que o que eu ache fundamental neste Mestrado não seja o mesmo que tu achas que precisas de aprender.

Fábio Martins disse...

Pois, isso é verdade. O que procuras no mestrado não é o que eu procuro.. esperemos que tenha o que ambos queremos! :)
Eu já sei que pro ano não me vou inscrever nessa cadeira xD

Blog Liker disse...

O problema é que os Mestrados estão a começar a ser vistos pelas universidades mais como um negócio, do que propriamente uma fonte de conhecimentos. E não deveria ser assim...

faa disse...

É o que estou a ver.. não só pelo meu caso mas por mais amigos que estão a tirar o mestrado noutras faculdades.
E as medias de notas são sempre altíssimas.