segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Marcas

Eu não sou uma pessoa que estima muito o carro, isto é, não o lavo as vezes que o devia fazer. Mas de resto gosto de o ter direitinho.
Detesto quando as pessoas que não têm cuidado com o meu carro, eu quase que vou aos arames quando ao abrir a porta a batem nas paredes!

Mas pior que isso é quando me estou a aproximar do carro e ao longe vejo algo que há pouco tempo não estava lá, no para-choques. Assim uma boa marca com tinta vermelha, fresquinho. Rasparam com tanta força que até estalou o para-choques.

Não dá para ter um carro sem arranhões, sem marcas. Por mais cuidado que tenhamos, aparecem sempre arranhões causados por pessoas que não têm o mesmo cuidado que temos.

Logo a seguir vejo um grande arranhão, que devido à altura foi, muito provavelmente, feito por uma mala de uma mulher. Sim, porque as mulheres têm os sacos cheios de metais e tal para enfeitar mas não têm cuidado nenhum com os sítios onde o encostam ou o raspam.

4 comentários:

a Gaja disse...

Também não sou de andar sempre a lavar o meu carro, mas tenho todos os cuidados com ele,lol. Ninguem fuma, come ou bebe lá dentro, têm de sacudir minimamente os pés e cá amolgadelas até me passo. é o meu carrito, tenho de cuidar bem dele.

faa disse...

Sim, isso também faço. Mas há pessoas que não percebem isso até terem o seu próprio carro.

Ana disse...

Oh, e essa conclusão? --'

faa disse...

É verdade! Já vi muitas mulheres, claro que não todas, que não reparam nos sacos que têm aos ombros quando vão passar entre 2 carros.

O mesmo digo com pessoas que têm botões nos bolsos de trás das calças e depois encostam-se aos carros, o resultavo vai ser o mesmo.