sexta-feira, 1 de março de 2013

Cuidado com a porta!

Não há uma única vez que eu não pense que a porta vai fechar enquanto estou a passar por ela. Falo das portas automáticas, não aquelas de vidro mas aquelas do género das do metro de Lisboa. É que penso sempre que vou ficar lá entalado.

No meu trabalho tem umas portas na entrada dos edifícios e nem sempre aquilo reconhece logo quando se passa o cartão então começa a apitar como se tivesse a alertar toda a gente que o mundo está nos seus momentos finais.
Já nas portas do metro, quando vou a passar com malas tenho que fazer um movimento inspirado nas corridas do Flash para conseguir passar sem que a mala fique do lado oposto.
Uma vez ia ficando com a mala do lado de fora do metro do Porto, havia de ser bonito fazer uma viagem com a mala do lado de fora. 

Mas as piores são as portas de saída do metro de Paris, acho que são as de Paris, posso estar a confundir com Roma, anyway, aquilo são portas de metal enormes, passar lá causa medo de morte, se aquilo deve magoar bem caso feche enquanto se estiver a passar!
As portas automáticas são imprevisíveis e não gosto disso.

2 comentários:

Anónimo disse...

Um post só para dizer que foi a Roma e a Paris... :p

faa m. disse...

Ahah, se os bloggers famosos fazem-no, eu também posso! xD