terça-feira, 12 de março de 2013

Salários e tal e blá blá blá

Canso-me de ver pessoas a criticar os ordenados altos que várias pessoas ganham e juro, juro que não consigo perceber porquê, epá, gostava de ver essas pessoas no lugar das que criticam e queria ver se iam pensar da mesma forma.

Ordenados como de jogadores de futebol ou de qualquer outro desportista (muita gente não sabe mas Futebol não é o desporto que move mais dinheiro, NBA, Futebol Americano, Ténis e Golf são alguns exemplos de outros desportos que movem mais dinheiro), ou mesmo de actores e músicos como por exemplo o Bieber que já tem mais dinheiro que o tio Patinhas ou o Daniel Radcliffe que só por ser o Harry Potter é o homem com menos de 30 anos com mais dinheiro em UK, mais até que os príncipes.
Mais recentemente vi criticas para as modelos que na moda Lisboa ganharam à volta de 400€ por dia.

Antes de criticar, porque não pensar um bocado no motivo destes ordenados? Porquê que todas estas pessoas ganham centenas e milhares de euros? Porque estão a produzir bem mais do que isso.

Para não pegar no caso do Ronaldo que deve ser o mais criticado cá em Portugal, vou pegar no caso do Daniel Radcliffe. Quanto dinheiro é que os filmes do Harry Potter fizeram? 5 915 296 218€, 6 mil milhões!
Porra, se eu fosse o Daniel era óbvio que iria querer uma boa parte destes milhões todos! Com 22 anos, pode dizer que tem mais de 55 milhões de euros na sua conta bancaria. O que é 55 milhões em 6 mil milhões (alias, nestes 55 milhões estão incluídos outros trabalhos dele que não o HP).
Hoje anda uma notícia futebolística a correr por aí a dizer que o Real Madrid quer comprar o Cavani por cerca de 60 milhões de Euros mas que só em merchandaising na América do Sul e Central poderá ter um retorno à volta de 450 a 500 milhões de Euros. Se isto for verdade, claro o jogador terá de ter um ordenado altíssimo, é justo! É dinheiro feito por ele. E mesmo assim, o ordenado dele não será mais do que uma pequena parte.

Isto falando num caso grande, mas falando em casos mais "pequenos" como as modelos na moda Lisboa, yah, Portugal está em crise não é novidade alguma, mas se as modelos estão a ganhar 400€ é porque o trabalho delas tem um retorno maior do que esse, elas só estão a ganhar uma parte do dinheiro envolvido no seu trabalho e se calhar ainda deviam ganhar mais do que ganharam porque por causa da crise, mesmo quem não está em crise aproveita-se da desculpa.

Pensando agora noutros casos, conheço empresas cá em Portugal que em 2012 tiveram lucros de mais de 300 milhões e aproveitam-se da crise para dizer que não podem pagar mais de que ordenados baixos, iguais a qualquer outra empresa com poucos lucros. Treta, claro que é treta. 

Existem empregos em Portugal em que se devia ganhar mais dinheiro, claro que um bombeiro, enfermeiro, professor, psicólogo e por aí fora devia ter um ordenado melhor, não tenho dúvidas algumas disso mas é completamente estúpido criticar quem ganha parte do dinheiro que produz só porque a diferença em relação ao resto do pessoal é demasiado grande. O problema não é os ordenados deles serem grandes mas sim os nossos serem baixos demais! Lutem por melhorar a nossa realidade e se Portugal não nós dá o que queremos, procurem fora de Portugal. Esta é a minha maneira de ver as coisas, talvez por ser ambicioso. 

Quem me dera a mim ganhar 400€ num dia! 

4 comentários:

Logan disse...

o problema de quem critica é que critica não com o intuito de denunciar mas por pura inveja... lol

aNaMartins disse...

oh yes quem me dera a mim ganhar ganhar assim também! :D criticar faz parte do ser o humano e a inveja também [coisa feia]

a Gaja disse...

Eu também queria ganhar isso num dia e ter trabalho todos os dias do ano, era bom sinal :)

faa m. disse...

@Logan
Pois, é bem verdade...

@aNaMartins
Mas acaba por ser exagero.. eu fico cansado só de ler.. lol

@a Gaja
oh, desemprego é lixado :S
Mas vais ver que vais arranjar algo :)